Sunday, July 10, 2011

Filha de Peixe...

video

Haydee Milanés é filha de Pablo Milanés. Esta canção é de sua autoria, lindíssima.

Música cheia de curvas, melodiosa, e que me emociona muitíssimo.




No escatimes un Segundo para amar
Que nunca se sabe que vendrá mañana.

Hazlo todo menos imposible,
No apagues el brillo de tus ojos
Con el frió de una lagrima.

Una sola vida se me hace tan larga
Cuando se me encarna la nostalgia.

Tú y yo,
Viajando en el amor sin rumbo,
Perdidos en el cielo, desnudos.

Tú y yo,
Perdidos en el cielo, desnudos.

Y en cualquier lugar que estés
Te encontrare, mi amor.
No mires la brújula, te vas a perder.

Voy oliendo el viento;
Es tu perfume quien me guía.
No creo en presagios que me aparten de tu vida.

Una sola vida se me hace tan corta
Cuando se me antoja ese deseo de tenerte hasta la
Ultima gota.

Tú y yo,
Viajando en el amor sin rumbo,
Perdidos en el cielo, desnudos.

Tú y yo,
Viajando en el amor sin rumbo,
Perdidos en el cielo, desnudos

Tú y yo,
Viajando en el amor sin rumbo,
Perdidos en el cielo, desnudos

26 comments:

Pólen Radioativo said...

"No creo en presagios que me aparten de tu vida"

Voz e música lindas!!!

Beijinhos...

margoh werneck said...

obrigada por compartilhar.me fazia falta hoje algo assim melodioso...

"Cuando se me antoja ese deseo de tenerte hasta la
Ultima gota."

besos

Tania regina Contreiras said...

É tocante...e super bem-vinda agora!

beijo, Roberto...

Assis Freitas said...

quem puxa aos seus não degenera, como diria Walter Franco,


abração

MIRZE said...

Roberto!

Bom gosto e estética, não se ensina. Nasce-se com os dons. E você é um desses privilegiados.

Linda música, letra e arranjo.

Beijos

Mirze

Primeira Pessoa said...

polen,
fico feliz que tenha gostado.
haydee milanes cheogu pra ficar.
é pra sempre.

como o pai dela.

abração do

roberto.

Primeira Pessoa said...

margoh,
compartilhar o que ha de bom, hoje e sempre.

abração do

roberto.

Primeira Pessoa said...

taninha,
essa é uma de minhas canções favoritas de haydee. passei o dia inteiro escutando, é a musica que toca sem parar.

abração,

roberto.

Primeira Pessoa said...

assis,
so mesmo voce pra me lembrar walter franco. adoro o cara e fico triste que tenha sido engolido, como tantos outros caras de talento, pelo buraco negro da industria fonografica.

belíssima lembrança, poeta.

abração do

r.

Primeira Pessoa said...

mirze,
é muito difiil; para um filho preencher os sapatos grandes de um pai, uma mãe.

mas existem alguns bastante talentosos. maria rita, por exemplo.

abração do

roberto.

CANTO GERAL DO BRASIL (e outros cantos) said...

Delima,
Na veia o canto de Haydee, pra viciar, seviciar suavemente...
Mas Pablo ainda é o pai da matétia, ao meu sentir um dos maiores do mundo em qualquer tempo, poeta...
Walter Franco dá uma saudade danada de boa, e ruim ao mesmo tempo, um passado que não devia passar...
Bão demais passar aqui este instante de lembrar sempre...

Abração do Valadão,
Da rama.

Smareis said...

Olá, o vídeo é ótimo...A música, a letra e o arranjo e muita bonita. Gostei muito de andar um pouco aqui... Obrigada por compartilhar. Um abraço!

Primeira Pessoa said...

smareis,
fico feliz que tenha passado por aqui e gostado de haydee, tao emblematica que é, pra mim.
desde o seu pai, que aprendi a admirar desde muito tempo.

e a canção é bela.
como certas coisas desta vida que ficam tatuadas na gente.

abração do

roberto.

Primeira Pessoa said...

ah,
da rama, algumas coisas não deveriam passar, mas passam. ficam tatuadas, no pra sempre e no jamais.

a juventude, a paixão, essas coisas, elas se desbotam.

mas o que é pra ficar fica pra sempre.

adoro te ver por aqui, sabia?

beijao do

roberto.

.maria andrade vieira. said...

Peixão é!

Primeira Pessoa said...

é verdade, maria.

nesse caso, é peixe graúdo.

Jade said...

Maravilhosa,obrigada por nos presentear com ela.

Jade

Primeira Pessoa said...

fico feliz que tenha gostado, jade.
ao contrário do pai, haydee ainda é uma ilustre desconhecida no brasil.

grande abraço,

roberto.

Blog do Pizano said...

você sempre antenado pescando preciosidades...

tudo muito bonito e a canção é bem mais que isso

vou mostrá-la à Laís e ao Túlio, com a sua 'carta de apresentação' rsrsr

abs mano

Primeira Pessoa said...

marquinho,
mostre aos seus filhos, sim. eu fico achando que mostrar musica, literatura, apontar uma estrela caindo no céu, é dever de cidadão.

tenho dessas bobagens comigo.

e haydee tem cantado demais, dentro de mim.
cantará, até que se canse. ou me ensurdeça de vez.

beijo, mano.

Luciana Marinho said...

nossa, não conhecia essa beleza de tão imensa vida vocal!

beijão, roberto!

Primeira Pessoa said...

que bom que cê gostou, lu.
essa é a nova geração de músicos cubanos, a novíssima trova da ilha de fidel.

qualquer dia destes posto outro biscoitinho fresco.

beijão,
roberto.

Nina Pilar said...

maravilha herança genetica, espero que tenha o t6alento do pai, muito bom amigo...

Amigos um belo dia do amigo pra vcs... na musica do milton nascimento e fernando brant a belíssima _Canção da América_, nada pode representar melhor um amigo e a sua importância...



Canção da América



Amigo é coisa pra se guardar

Debaixo de sete chaves,

Dentro do coração,

assim falava a canção que na América ouvi,

mas quem cantava chorou ao ver o seu amigo partir,

mas quem ficou, no pensamento voou,

com seu canto que o outro lembrou

E quem voou no pensamento ficou,

com a lembrança que o outro cantou.

Amigo é coisa para se guardar

No lado esquerdo do peito,

mesmo que o tempo e a distância, digam não,

mesmo esquecendo a canção.

O que importa é ouvir a voz que vem do coração.

Pois, seja o que vier,

venha o que vier

Qualquer dia amigo eu volto a te encontrar

Qualquer dia amigo, a gente vai se encontrar.



depois disso é esperar que nossos corações emocionem-se com nossas amizades como emocionamo-nos qdo ouvimos esta declaração de amor, tão maravilhosamente interpretada na voz do meu querido milton nascimento.



e esperar que cada um de nós escute o que fala o nosso coração...ate pq tudo que eu queria dizer eles já falaram, faço minha a voz deste gigante da nossa musica.

Primeira Pessoa said...

nina,
da ultima vez que escutei a voz do corção, ah, nem te conto...rs

mas essa belíssima canção de milton e brant nos faz relevar coisas, rever conceitos e começar tudo de novo.

a vida é bela. nóis é que fod'ela.

e mais não direi.

beijão,
r.

Jorge Pimenta said...

primeiro amigo,
recordas-te da arrepiante parceria do pablo com o nosso represas, dos trovante? feiticeira é o título; feitiço toda a canção.
para recordares: http://www.youtube.com/watch?v=q-BFaLq2nBo

abraço cheio de saudades tuas, amigão!

Primeira Pessoa said...

jorgíssimo,
recordo-me, sim. foi gravada pela primeira vez naquele inesquecível primeiro cd solo de represas.
eu tenho o dvd em que pablo vai a portugal cantar a canção, naquele disco do centro cultural de belém.

sou fã de represas. quando ele saiu dos trovante, deu uma entrevista ao meu jornal. e eu tinha a cassete em meu carrro, e a escutava sempre, como se estivesse escutando um disco dele. em 1989, eu o vi à frente do trovante, na vesta da vindima, no bombarral.

dizem que aquela foi a lua cheia mais linda, que em alguma noite iluminou portugal.

e eu estava aí, poeta dos versos bonitos.

quando é que tu me visitas, aqui, em terras de obama?

cê fica aqui em casa, como ficam os amigos mais diletos.

abração do

roberto.