Tuesday, November 2, 2010

Jorge Amado e Paulo Coelho são os autores brasileiros mais traduzidos na Alemanha
























Na Alemanha, os autores brasileiros mais reconhecidos pelo público são Jorge Amado e Paulo Coelho. Ambos têm vários títulos traduzidos do português para o alemão. O cônsul-geral do Brasil em Frankfurt, embaixador Cézar Augusto de Souza Lima Amaral, disse à Agência Brasil que é necessário ampliar o leque de opções a ser oferecido em alemão.

O diplomata lembrou que na Feira do Livro de Frankfurt são vendidos cerca de 100 milhões de exemplares a cada edição do evento. “Infelizmente, as nossas projeções de pensamento ainda não estão bem apresentadas na Alemanha, uma das dificuldades é o idioma. Há casos, como Os Sertões [de Euclides da Cunha, publicado em 1902], cuja tradução demorou três anos”, disse.O embaixador afirmou que a feira atua em várias frentes, como o apoio às editoras e aos autores, assim como no suporte para negociações mundiais relativas à questão dos direitos autorais. Amaral disse que o fato de o Brasil ser homenageado na feira facilita a penetração das editoras e autores no cenário internacional. Isso vale para as publicações literárias, técnicas e nas áreas de ciências sociais, além de literatura infantil.Durante a Feira do Livro de Frankfurt ocorrem vários eventos paralelos, como ciclo de leituras com autores, oficinas de tradução, debates e mesas-redondas, além de festivais de cinema. Pelo acordo assinado entre o Ministério da Cultura e a organização da feira, será criado um comitê – com integrantes do Brasil e da Alemanha – para definir as atividades que serão apresentadas em outubro de 2013.

6 comments:

Ana F. said...

Que eles sejam porta de entrada para outros escritores. O melhor julgamento é mesmo o do leitor.

Abraço!

Primeira Pessoa said...

é isso mesmo, ana...
e que me deixem não escolher o mago paulo coelho...rs

abraçao,

r.

Jorge Pimenta said...

arriscaria dizer que estarão entre os mais vendidos e lidos em portugal, também. confesso que não sou particular fã de coelho, mas jorge amado marcou-me desde sempre e para sempre. algumas das mais belas jóias que li pertencem-lhe. depois, há a imortal sónia braga em "gabriela", mais o seu apego a portugal, ao minho e, particularmente, ao gerês.
um abraço, amigo de minas!
p.s. ontem o benfica quase me matava do coração. num jogo frente ao lyon, para a liga dos campeões europeus, pôs-se a ganhar por 4-0!? e viria a ver a vantagem reduzida para 4-3. como é que pode???

líria porto said...

o jorge amado, gosto! já o p.coelho, ai que preguiç...
besos

Primeira Pessoa said...

jorge amado era bonitinho, lírica...
agora esse outro aí...rs

gosto não!

Primeira Pessoa said...

jorgíssimo,
o lyon é um time simpático, sempre contou com brasileiros por lá... e o nosso benfica... bem, o nosso benfica...rs

paulo coelho?
nem com cachaça ele desce.

mas vende, que é uma beleza.
rs


abração do

roberto.