Monday, December 31, 2012

Que venha 2013...


36 comments:

Janice Adja said...

Muito bom!!!
rsrsrsrs

Assis Freitas said...

broda ela já chegou e está aqui pedindo passagem, feito cobrador de buzu na bahia, que venham uns tudo pra nós e que sejam plenos estes dias da nossa trilha,


abração

Luciana Marinho said...

que lindo, roberto!
muitos desejos, desejos grandes ao rumo da nossa felicidade. esse é o desafio.. não darmos tanta força ao mundo que desgostamos. não nos deixarmos morrer contaminados pelo veneno que repudiamos.

abração, roberto!

eurico portugal said...

desejar que se deseje é mostrar nunca ter-se deixado de ser criança, robertílimo. e como isso é bonito!

desejo-te, em 2013 [em 2014 também, é claro :); isso é que é pressa, hein? :)], que desejes sempre. e que te aconteças em cada pedaço de sonho que se incendeie nas tuas imensas mãos.

um abraço maior!

p.s. já estou a preparar o meu colesterol para esse encontro gaúcho. levo esteva, do douro [recordas-te, rapaz?] que sempre ajuda a regar as boas amizades. quanto à camisola do grémio... a laurarraquel recebeu-a; eu tive de presente a do escrete. é que a ana cecília já sabia que o meu coração é vermelho e que de azul só tem mesmo os tons do nosso cruzeiro :)

dade amorim said...

Ele era tão fluente e inspirador que a gente às vezes custa a acreditar.
Também te desejo grandes desejos, e que muitos se realizem em 2013.
Um grande abraço de ano novo!

Ana said...

Que 2013 nos traga a todos felicidade.


beijinhos


Ana

Primeira Pessoa said...

Ana,
que o ano novo nos traga tudo aquilo que merecermos.
Que ele seja, portanto, um ano justo.

Grande abraço do

roberto.

Primeira Pessoa said...

dade, Drummond faz falta.
sonhava e fazia sonhar, parte dele vivia nas nuvens, os pés ancorados no chão.

beijo grande,
r.

Primeira Pessoa said...

cê viu isto, euriquíssimo?
meu bem querer entrou na fase da ejaculação precoce...rs...
nem bem entramos em 2013 e ja quero ser feliz em 2014... putz... devo estar ficando caduco...

quanto à camisa do cruzeiro, você a receberá autografada por montillo, nosso craque maior, nosso dez... se ele não estiver disponível, eu assino e falo que foi ele...rs

saudades de você, amigo querido.

abração do

r.

Primeira Pessoa said...

zé de assis,
ele se atrasou tres horas depois de ter passado pr feira, mas tambem chegou por aqui.
não me lembro de um ano novo que tenha bebido tão pouco.
se foi um sinal, eu não sei, mas minha calça rasgou, do nada... um momento meio poltergeist, mostrando ao mundo minha cueca samba-canção amarela (simpatia pra chamar dindim em 2013)...

fiquei exposto... rs

tâmo junto, poeta de feira.

beijão

r.

Primeira Pessoa said...

drummond era mais que bom, janice...

Lídia Borges said...


"gostaria de te desejar tantas coisas"

Isto é muito bonito!

Desejo-lhe tantas coisas!...

Um beijo

Adriana Riess Karnal said...

drumond é um ano novo. te desejo sorte, ela aparece em certos momentos, a;i a gente agarra.

Primeira Pessoa said...

adriana,
eu pensava nisto de drummond, eterno-novo, de drummond, presente de todos os natais.
a sorte?
de vez em quando ela flerta, se faz de desentendida.
a sorte, às vezes, se finge de morta.

feliz ano novo, poeta.

abração do

r.

Primeira Pessoa said...

lidia,
eu retribuo os votos.
2013 será um ano muito bom para todos nós.

abração novinho em folha,

r.

Primeira Pessoa said...

lu,
eu achei que tinha respondido o seu comentário.
ou melhor, respondi, mas foi o da postagem anterior.
pois é...
tudo isto dito (tão bem, que se diga), rogo que o ano novo comece nos trazendo uma brisa benfazeja, nos pacifique e nos traga a estrela.
aquela, que nos norteia.

perseveremos.

beijão,

r.

Bandys said...

Drummond é um dos meus preferidos. Bela escolha..

Te desejo a essência, o essencial...

Beijos

Luiza Maciel Nogueira said...

feliz 2013 Roberto!! que você nos presenteie com muitos e muitos escritos e a vida te presenteie de vida, poesia, música e beleza para tal tarefa!

beijos

Mariangela Alvarez said...

Betão

Os Budistas dizem que a quintessência é a ausencia do desejo...

Realmente há um fenômeno anual, gregoriano, que faz nossa alma de plenitude de desejos e como somos humanos em evolução,há discreta esperança neles, como se nova vida surgisse na aurora do dia 01 , gostaria de ter essa esperança Particularmente, nunca fui muito amiga da passagem do Ano Novo, sei lá, raízes de infância, mas de qualquer forma , quem acredita na eterna melhoria interna tem a vicissitude do desejo em senso lato...
Admiro quem tem fé na renovação...
Devo ser uma jararacá que troca de pele espontâneamente sem sentir...rss

Bons desejos...

Beijo da amiga complexa...

Mary

Zélia Guardiano said...

FELIZ ANO NOVO, AMIGO ROBERTO!
QUE SEU CAMINHO SEJA MUITO CLARO, MUITO AMPLO! NENHUMA PEDRA, NENHUM ESPINHO... MUITAS FLORES MARGEANDO!
ABRAÇO APERTADO DA
ZÈLIA

( Por favor, manda-me teu endereço para que eu possa enviar-lhe-lhe presentinho atrasado de Natal: POESIA COMBINA COM TUDO e TREM- BALA )

Tania regina Contreiras said...

Mensagem para todos os tempos, Beto.
Eu te desejo muitas açlegrais e realizações. Que venha o novo em sua vida, realizável, papélvel, concreto, de verdade. Maninho querido, você sabe o quento torço por você.
Beijos,

Adri Aleixo said...

Beto,

Um feliz 2000 e sempre para você, seus amigos e sua família, que são pessoas maravilhosas.

Que seja para nós um ano de muita poesia e encontro(quero ir ao lançamento do seu livro com o Bispo).

Beijo!!! Até breve...

Primeira Pessoa said...

adriana,
2o00 ja passou, uai...rs
mas tá valendo assim mesmo...
te desejo o mesmo. na medida do seu carecer.

abração,
r.

Primeira Pessoa said...

taninha,
o ano começou com cuidados com a saúde e uma gripona cavalar, daquelas que derrubam o vivente, um marmanjao de cama, clamando pela mãe... rs
tudo isto, auspiciado por esse frio foderoso que chegou sem fazer prisioneiros e que me fez descobrir, mais de duas décas depois, que eu gosto mesmo é de calor.

vai ser um ano bom.
eu tenho certeza de que vai ser um ano muito bom.

tâmo junto, né?
somos pra vida inteira.

beijo grandão do R.

Primeira Pessoa said...

zelinha,
vou lhe enviar por email o meu endereço. sinto-me agraciado e lerei com o maior prazer os seus livros.
afinal, você combina com tudo o que é bom...

deixo o meu abraço e a minha afeição.
2013 será um ano bom.

R.

Primeira Pessoa said...

mariângela,
já imaginou se esperança fosse uma profissão?
eu vou escrever uma crônica sobre a esperança. deve haver uma cidadezinha de interior com uma estação ferroviária com uma tabuleta em que se lê o nome do povoado e o número de habitantes.
guardo uma tabuleta destas num cantinho da memória.
que seu 2013 seja repleto de coisas boas.
cê merece.
beijo grande.


r.

Primeira Pessoa said...

luiza,
poeta dos versos bonitos...
que 2012 nos traga tudo o que de bom tenha para colhermos...

muita alegria.
mais e melhores sons.
poesia, imagem, emoção...

abraço e afeto do
r.

Primeira Pessoa said...

bandys,
drumond está nesta nossa raiz mineira.
no outro dia, a caminho do aeroporto de confins passei debaixo de uma série de pontes sobre a rodovia, todas elas com nomes de escritores mineiros.
drummond é o primeiro para quem chega.
e o derradeiro, para quem sai.

beijo grande procê.

r.

Tania regina Contreiras said...

Sim, somos pra vida inteira, mano! :-)

Cris de Souza said...

Desejo muita prosa e poesia em nossos dias!

Abração, Roberto.

Batom e poesias said...

Eu confesso que me sinto igualzinha ao que você lindamente descreveu. Encorujo-me num casulo de edredom e cheia de autopiedade anseio desconsolada que alguém, qualquer alguém cuide de mim; mas lembro-me do que escreveu Dráuzio Varela, que um homem doente quase nunca está sozinho. Ele tem sempre uma ou várias mulheres (mãe, esposa, irmã, filha) a cuidá-lo, enquanto a recíproca não é verdadeira.
Assim, o sexo não tão frágil tem que reagir na marra e fazer o próprio chá de limão... Pura necessidade.
Como sempre, um mestre das crônicas.
Bjs
Rossana

Primeira Pessoa said...

Rossana,
no que te lia, veio-me o cheiro de folha de laranjeira, que minha mãe costumava fazer...
e com o cheiro do chá, a imagem da flor de laranjeira.
existirá flor mais inocente, mais alva, mais pura???

duvideodó!

beijão,

r.

Primeira Pessoa said...

cris,
só agora vi que seu comentário era pra esta postagem aqui.
sim, claro, que 2013 seja um ano de grandes colheitas pra todos nós.

beijo grande,
r.

Primeira Pessoa said...

taninha,
não somos de hoje. nem desta.

viemos de um outro século qualquer :-)


beijão, mana.

r.

Anna Amorim said...

Perfeito!

Beijos,

Primeira Pessoa said...

E ele já chegou, Anna.
É seguir de mãos dadas com ele.

Beijão,
R.