Tuesday, March 23, 2010

.
















Lugares mal situados
Homens que são como lugares mal situados
Homens que são como casas saqueadas
Que são como sítios fora dos mapas
Como pedras fora do chão
Como crianças órfãs
Homens sem fuso horário
Homens agitados sem bússola onde repousem

Homens que são como fronteiras invadidas
Que são como caminhos barricados
Homens que querem passar pelos atalhos sufocados
Homens sulfatados por todos os destinos
Desempregados das suas vidas

Homens que são como a negação das estratégias
Que são como os esconderijos dos contrabandistas
Homens encarcerados abrindo-se com facas

Homens que são como danos irreparáveis
Homens que são sobreviventes vivos
Homens que são sítios desviados
Do lugar

Daniel Faria

Foto: Sebastião Salgado, gênio do olhar


A Música Que Toca Sem Parar:
Banda Santaren... Ipê e Manacá (Ife/Petrúcio Maia/Manassés/Cândido)... o belo solo de trombone do saudoso ed maciel me emociona até hoje.

24 comments:

Magnolia said...

Roberto andas a antecipar os poemas com que eu acordo na cabeça....
Este é um deles...
Beijo

Primeira Pessoa said...

magnólia,
fiz um curso de advinhação e antecipação por correspondência pelo Institutu Universal Brasileiro (como é que se é, universal brasileiro?... alguém me acuda, por favor...)

então, tá explicado.
o negócio funciona mesmo.


antecipadamente,
o abraço do
roberto.

Maria V. said...

a imagem acabou comigo antes mesmo de chegar a última estrofe do poema, que aliás, é fatal.

Primeira Pessoa said...

maria,
daniel faria é um espanto... morreu jovem, mas deixou uma obra signicativa...

tem milhares de ardorosos fã espalhados por aí.
abração do
roberto.

CANTO GERAL DO BRASIL (e outros cantos) said...

Roberto,
Homens que são poetas, poeta. Sem nenhum desvio de rota, embora para os poetas nem haja bússola, apenas a lanterna mágica das palavras.
Daniel Faria é presente que ganhei aqui, futuro e passado...

Abraço deste conterrâneo orgulhoso de você,
Ramúcio.

líria porto said...

voltei, baby - estou de novo em bh!
depois volto pra ler - agora estou com fome e não tenho nada pronto em casa...
besos

Cosmunicando said...

e como resistir a um texto desses e ao olhar de Salgado?
perfeito ;)

jad said...

Boa noite (aqui).

Cheguei cá através do "Viagens de luz e sombra". Ainda bem porque ler quem escreve bem é um prazer que nos adoça a vida.

Ainda por cima Daniel Faria é um dos meus poetas diletos.

Cá virei com assiduidade.

Sylvia Araujo said...

Sebastião Salgado sempre me come as palavras.

Um beijo pra você

Primeira Pessoa said...

da rama,
cê fala essas coisas e eu fico todo encabulado (ia dizer desbussolado, mas cê iria rir de mim).
guarda esse presete (daniel faria), mas reparta, também.
é poesia abundante, poeta.

beijão do
roberto.

Primeira Pessoa said...

lírica,
falei pro pedrazul que ele ta morando no seu prédio. ele mora no mesmo prédio do beto (o guedes)...
é nesse que c6e mora?

vou pedir pro lula (ou pro chavez... rs) te proibir de ir pra araxá.
isso aqui perde a graça quando cê não está.

beijão do
roberto.

Primeira Pessoa said...

jad,
se você chega pelas mãos (ou pelo blog) do jorge pimenta, você chega muitíssimo bem.

e essa "casa" que é dele, passa a ser, também, sua.

sinta-se bem entre os nossos.

abração do
roberto.

Primeira Pessoa said...

sylvia,
como se não bastasse a máxima de que uma imagem vale mais que mil palavras, sebastião salgado é gênio.

o que tenho mais a dizer?

ele já disse tudo com um clique.

abração do
Roberto.

Primeira Pessoa said...

moça cosmunicante (só chamo pelo nome se receber autorização do papa... ou sua...rs)...

acabo de adquirir um livro de fotos de sebastiao salgado com textos de mia couto. ainda não me chegou às mãos....

to igual menino em véspera de natal, esperando meu presente.

abrtação procê,

do
roberto.

J. said...

É impressionante como as fotos do Sebastião Salgado têm personalidade, força, autoria. Sempre que vejo uma foto dele, sei que é dele antes mesmo de conferir os créditos. Ele é um excelente fotógrafo, uma inspiração pra quem trabalha com isso. E a foto combinou com seu texto, que me fez lembrar disto aqui:

"Vi ontem um bicho
Na imundície do pátio
Catando comida entre os detritos.

Quando achava alguma coisa,
Não examinava nem cheirava:
Engolia com voracidade.

O bicho não era um cão,
Não era um gato,
Não era um rato.

O bicho, meu Deus, era um homem." (Manuel Bandeira.)

Beijo, Roberto.

líria porto said...

não moro no prédio do beto guedes - sou vizinha - vejo o apartamento dele da janela do meu quarto - pertim, pertim... no quarteirão do lado!
besosssssss

líria porto said...

ah - dia desses vou deixar na caixa de correio do prédio dos nossos artistas um bilhetim - queres mandar um recado?
besos

Primeira Pessoa said...

J,
é incrível a estatura que Sebastião Salgado adquiriu no mundo. Nesta "onda" dele, é considerado um dos grandes expoentes. E, nesta era de tecnologia, photoshops e similares, a fotografia de SS tem de alma, o olho... o que, aliás, a grande maioria dos fotógrafos de hoje ainda não consegue transpor para suas respectivas obras.
o "olho".
e o jeito de olhar.

belo poema para acompanhar seu post, J.

obrigado pela presença, um presente.

abração do ensonado
roberto.

Primeira Pessoa said...

lírica,
então paulinho pedra azul e beto guedes vivem no mesmo prédio. ou seja: cê é vizinha de dois bambas da música de minas gerais.

o barulho nesse quarteirão é dos bons.

beijão, cheio de inveja branca, do
roberto.

ps: paulinho me escreveu um trem hoje que me fez ficar rindo sozinho por mais de uma hora, abobalhado, boboco que sou. depois compartilho com você. trata-se de uma receita de macarrão...rs
um absurdo que só poderia vir daquela mente perturbada (e feliz).

Primeira Pessoa said...

Lírica,
não tenho a menor intimidade com o autor de Amor de Índio...
Agora, na caixa de Paulim, mande um "Buóóóóóóraaaaaaaaaa Gieeeeeeeeeeente!"...

ele sabe o que quer dizer...rs

beijão,
R.

LauraAlberto said...

Ah, o Homem, esse tal de Homem.
Adorei!
Beijinho

Primeira Pessoa said...

Ah, o Manuel Bandeira...

Esse, sim, era o homem, Laura.

Cosmunicando said...

...a minha autorização já tá dada.
O papa, esse é até capaz de aparecer por aqui, de tanto que ocê escrevinha bem :)
Mas agora tô acostumando com o apelido, como faz? rsrsrs

Primeira Pessoa said...

mercedes ("soou-me" estranho aos dedos... rs),
eu ja tava me acostumando à moça cosmunicante.

mas, melhorou, devo admitir.
agora, eu só vou de mercedes.

abração do
roberto.