Thursday, January 14, 2010

















amplidão
romério rômulo

loucura é ver destroços ampliados.
anjos caídos, terra que se passa.
se anjo e homem revestem-se do medo
como encontrar a vida num só corpo?
é amplo o mundo, traduzir ausência
pode ser mais que estar qualquer de lado.
um outro ver, seu olho, esta morada
de viagens decididas pela noite
é tão mais ver o sono retalhado
que um qualquer corpo amplia madrugada.
ver o cerrado do peito ser tamanho
que assustar decide mais que ser.

o amplo do meu berro é traduzir-se
sem renegar esta amplidão que surge.

(in: Tempo Quando, 1996.)

16 comments:

líria porto said...

apois! eu leio o romério, esse negaceio dele com a palavra - cutuca-a, tira o corpo - dá uma inveeeeeeeeja!

e para responder teu último comentário, roberto, lá no meu blog, dr. silvana ataca!!!

(na)valha-me deus
líria porto

caminho pelos contrários
retorno onde não devo
escolho lados errados
sou apanhado bêbado
tropeço caio
distraio-me

eu corro sério risco
em minhas mãos

*
besosssssssss

Primeira Pessoa said...

Líria,
romério rômulo é fodástico.
sou fã dele desde que a terra era plana.
adoro as palavras dele.
sempre gostei.

mas você também "num é fraca, não"...rs

beijão do
Roberto.

Iara na Janela said...

"assustar decide mais que ser"

coisa que eu queria ter dito, pois que me assusto bem mais do que sou.

não conhecia o romério rômulo... me assustei com ele e foi bom... mais uma vez você, roberto, me apresentando deliciosas belezas!

ah...mui grata pelas generosas palavras na minha janela... adoro quando me espia por lá!

beijão!

Primeira Pessoa said...

Iara,
cê me fala em te espiar da janela e me sinto o próprio "voyeur" das palavras...rs

ó,
passa lá no blog do romério procê ver.
sou suspeito de falar, pois sou fã. ele é fodástico.

beijão de quinta.
carinho de primeira.

roberto.

LauraAlberto said...

Fiquei sem palavras, não conhecia Romério, mas agora vou procurar!
Um dia sem silêncio.
Beijinhos

Primeira Pessoa said...

laura,
romério rômulo é um grande poeta e um militante cultural que tem a minha admiração e respeito.
sei que você vai gostar de romério rômulo.
fico feliz que hoje seja um dia sem silêncio.

um dia de palavras bonitas.

abraço grande do

roberto.

Paulo Jorge Dumaresq said...

Roberto, no seu Primeira Pessoa encontro cada poeta batuta da estirpe desse Romério Rômulo com o Amplidão, afora suas crônicas que melhoram meus enfadonhos dias natalenses. Forte abraço.

Iara na Janela said...

Menino, que achado o Romério. Poesia que parece lastrear-se dentro de cada um... (tô destrinchando sua página agora).

Você fala em ser voyer justo pra quem nunca foi exibicionista... minhas palavras se encabulam, mas gostam :)

Mais beijos.

Primeira Pessoa said...

Paulo,
suas palavras lustram meu dia.
fica tudo azul. como a camisa do meu Cruzeiro.
e azul é a cor mais azul que existe.
leminski que me me perdoe a corruptela.

olha, o romério tem um blog cheio de coisas interessantes.
acho que você vai gostar:

http://romerioromulo.wordpress.com/

abraço grande do
roberto.

ps: gostou da música do milton que te enviei?

Primeira Pessoa said...

Iara,
não tenho vocação rpa exibicionista. rs
acho que é medo de vaia.

anota aí o blog do romério rômulo:

http://romerioromulo.wordpress.com/

abração desse seu fã,
o roberto.

Lou Vilela said...

O Romério é phoda! rs

Beijos

romério rômulo said...

roberto:
muito obrigado pelo destaque.
e um agradecimento aos comentaristas.
romério

Paulo Jorge Dumaresq said...

Roberto, adorei música e letra do Milton sempre superior. Postei um comerntário no Nariz a respeito. Great! AbS.

Primeira Pessoa said...

Lou,
o Romério é mais que phoda.
Sou fã e não é de hoje.
E ele sabe disto.
Abração do
Roberto.

Primeira Pessoa said...

Romério,
te ter aqui no meu cantinho é sempre um luxo.
Saiba, nós que amamos as palavras, temos um dever "cívico" de difundir quem faz bem feito, com esmero e verdade... temos esse compromisso de realçar o briho destes artesãos do verbo, celebrando a forma com que tecem suas peças.

Não é favor.
É obrigação.
Mas uma obrigação prazeirosa. Sei que você sabe do que estou a falar.

Saúdo-te, poeta.

A reverência e o abraço do
Roberto.

Primeira Pessoa said...

Paulo,
fico feliz que tenha gostado. Vou mandando umas coisinhas pra você. Coisas que imagino que não tenha.
Sou fanático por música e compartilhá-la com quem aprecia me dá imenso prazer.
Te deixo um abraço.
Roberto.